Uma Imagem Vale Mais Do Que Mil Palavras?

Descrição: Uma reflexão sobre a exposição Revogo, de André Liohn, fotojornalismo, ativismo, ética e representatividade


Quer que desenhe? Impacto do pensamento imagético no jornalismo e na política


Vinicius Guedes Pereira de Souza


RESUMO Este artigo traz um resumo dos resultados e análises do projeto de pesquisa Quer que Desenhe? Manipulação, fake news e mudança no modo de pensamento tempo-histórico-linear para mágico-imagético-circular, em desenvolvimento no departamento de Comunicação da Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT. A partir de pressupostos de Flusser (2008, 2009), Barthes (1990), Baitello Júnior (2005), Carr (2014) e outros, o projeto investiga a relação entre a centralidade das imagens na sociedade atual e a possível mudança na forma de raciocínio da humanidade na produção e consumo de realidades e invisibilidades midiáticas (como a distribuição e sucesso das fake news) por meio de discussões sobre narrativas, representações, memes, discursos de ódio e seus impactos nos sistemas de comunicação e poder. Entre os cases analisados estão a passagem das informações distorcidas dos think tanks de extrema-direita nos EUA para as páginas de jornais brasileiros nas eleições de 2010, a evolução dos spams via e-mail para o Facebook em 2014 e como esse crescente de fake news contaminou o ambiente político de 2018.


PALAVRAS-CHAVE Pensamento mágico-imagético-circular; fake news; jornalismo; política.


Link original

Posts em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por Tags
Acompanhe
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square