Ocupar, Resistir e Depois Morar Aqui!


Primeira Assembleia Unificada das Ocupações Urbanas em Uberlândia. Com o anúncio da intimação para a Universidade Federal de Uberlândia depositar R$ 7,5 milhões para a desocupação do Bairro Elisson Prieto, a antiga Fazendo do Glória, as principais ocupações, com cerca de 30 mil moradores, da cidade se uniram para resistir. O governo golpista, que alega não ter dinheiro para a educação, já teria liberado a verba para a PM que prevê 40 mortes numa operação de guerra para devolver o terreno para a UFU sem considerar alternativas propostas pela universidade e pela sociedade. O Ministério Público não reconhece os acordos feitos entre UFU, Associação dos Moradores e Superintendência do Patrimônio da União. Mais informações e documentos em https://frenteelissonprieto.wordpress.com. Vídeo de Vinicius Souza e Maria Eugênia Sá - www.mediaquatro.com - Especial para os Jornalistas Livres

Posts em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por Tags
Acompanhe
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square