Não farás para ti imagem: fé, política e pensamento mágico-imagético-circular


RESUMO: Este texto trabalha com a hipótese de que estamos “lendo” e compreendendo as informações que nos chegam como se fossem imagens, inclusive os textos. E relaciona isso à preponderância dos esquemas de fé quase religiosa baseada em imagens para a construção de comunidades de ódio e intolerância que se disseminam e se alimentam pela comunicação nos

meios digitais.


Link AQUI

Posts em Destaque
Posts Recentes